O pleito terminou empatado após Robério ter votado de acordo com a oposição, o que irritou Agaciel e gerou os comentários sobre a traição.

O líder de governo optou em responder sem “baixar o nível” para rebater o colega e não alterou o tom de voz, “Não preciso adjetivá-lo, deputado, porque a sociedade Brasiliense já o conhece". Enfatizou.

A sessão foi retomada após o destempero de Negreiros, Agaciel informou em entrevista concedida na Rádio Atividade, sábado (16/12, que já há um acordo visível para votação da Lei Orçamentária. 

Vale lembrar que a aprovação da matéria é condição necessária para o início do recesso parlamentar.

Desta forma, pela primeira vez na história da CLDF, os distritais não entrarão de férias no prazo regimental: 15 de dezembro.

Deputados marcaram votação para a próxima terça (19/12)

 

 

Veja a programação 

 

 

       Matrículas Abertas 

 

 

Política - Distrito Federal

 

Negreiros se destempera e defere agressões ao líder de governo em plenário.

Enquanto a base do governo e a oposição ainda não conseguem se entender para chegar a um acordo sobre aprovação do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2018 na Câmara Legislativa do DF.

Em meio aos acalorados debates, o deputado Robério Negreiros (PSDB), numa típica ação de destempero, desferiu agressões e adjetivos ao líder do Governo da Casa, Agaciel Maia (PR), fato ocorrido após o parlamentar ter sugerido traição do colega na votação da última quarta-feira.

Na ocasião, o plenário rejeitou uma emenda de Agaciel ao PLOA para permitir o remanejamento de R$ 1,2 bilhão do Instituto de Previdência Social (Iprev) dos servidores públicos de Brasília para se utilizar em obras.