Prefeito de Formosa e outras lideranças políticas mandam recado para Marconi e Eliton “O Entorno não quer esmola”.

O prefeito de Formosa, Ernesto Roller (PMDB), fez um discurso ácido em Cidade Ocidental no último sábado (23/09), durante um encontro de partidos da oposição, contra a política do governador Marconi Perillo (PSDB).   

 

 Ostentação: Além dos milhões já torrados com diárias, governo de GO vai gastar mais R$ 183 mil com bebidas para o Palácio

Quando o governo de Goiás disser que não tem dinheiro para asfaltar estradas, abrir hospitais ou novas escolas, lembre-se deste número.

 

Ausência e abandono de líderes políticos promovem o caos na região metropolitana 

População não suporta mais o abandono das autoridades e do estado. Os “representantes da região” negligenciam os resultados de pesquisas estatísticas

Utilize aplicativos 
 
Winamp, iTunes   Windows Media Player   Real PlayerReal Player    QuickTime
 
 
 
  

MídiasSociais

 

 

Veja a programação 

 

 

 

    Matrículas Abertas 

 

 

.

Goiás – Politica – publicado em 25 de setembro de 2017

 

Em clima de campanha antecipada, Vice governador de Goiás já torrou quase 6 milhões de reais.

Embora não gere qualquer tipo de receita para a administração estadual, o custo para manter o vice-governador José Eliton (PSDB) em sua função é um dos mais altos do País. Apenas este ano os gastos gerados na pasta já somam R$ 5.858 mil com perspectiva de chegar ao fim do ano acima de R$ 8 milhões se considerarmos o valor autorizado de gastos para este ano.

O custo elevado da vice-governadoria chamou a atenção da imprensa nacional. No primeiro semestre deste ano o jornal O Globo divulgou matéria em que mostra que ela é a mais cara do País, com gastos acima até mesmo da vice-presidência da República. Só de salário anual José Eliton recebe o equivalente a R$ 240 mil.

Além disso, são 119 funcionários à sua disposição, sendo 82 comissionados. O gasto com eles é elevado: R$ 634 mil por mês. Mas não fica apenas nisso. Em diárias de viagens para funcionários já foram gastos R$ 120 mil. Já em combustíveis foram somados gastos de R$ 89,3 mil, enquanto locação de meios de transporte consumiu R$ 114.405 mil.

Tanto gasto para que mesmo?

Fonte: Goiás Real